Mapa de Inovações:
a Enfermagem brasileira em foco
Projeto de extensão no Programa Saúde na Escola

BIBLIOTECAS

Biblioteca física e virtual: Na biblioteca da FISMA, é possível realizar a consulta ao acervo e realizar a pesquisa dos títulos.

As bibliotecas da FISMA oferecem mais de 8 mil exemplares físicos entre Biblioteca Central e Biblioteca Setorial da Unidade I. Os títulos estão disponíveis para toda a comunidade acadêmica, e podem ser pesquisados através do Portal do Aluno.

A Instituição também oferece uma Biblioteca Online, que conta com mais de 11 mil títulos de diversas áreas da plataforma Minha Biblioteca. Na biblioteca online, alunos e professores têm acesso ilimitado aos livros digitais e recursos de leitura e estudo da plataforma.

SALAS

Sala de Metodologias Ativas: A sala de metodologias ativas é uma inovação que  permite aos estudantes a participação ativa e eficaz no processo de aprendizagem. Neste ambiente, o professor atua como orientador e promove a interação do estudante com o assunto para estimular os discentes a construir o próprio conhecimento e não o receber de maneira passiva. As aulas são realizadas para aprofundar temas, criar oportunidades enriquecedoras de ensino e maximizar interações, tudo para garantir a compreensão e a síntese do conteúdo trabalhado.

Sala de espelho: Possui assentos e equipamento de som, para que os demais alunos possam acompanhar a simulação e fazer as anotações que acreditam ser pertinentes, é equipada com materiais de alta tecnologia, onde é simulada situações realísticas nas aulas práticas. Nesta sala contamos com o simulador NURSING ANNE que são realizados procedimentos de cuidados de enfermagem, monitor multiparâmetro de sinais vitais. Este espaço é utilizado por alunos e professores com a intenção de desenvolver habilidades contempladas nas disciplinas. O papel do professor é conduzir o processo de simulação desde a construção do caso até o debriefing.

Sala saúde do adulto: contempla todos os materiais específicos para que o aluno desenvolva todas as técnicas propostas pelos professores de cada disciplina. Esta sala contém lousa eletrônica, simuladores de RCP, peças anatômicas para procedimentos específicos, sala de internação com 2 leitos hospitalares, cama cirúrgica, sanitário, entre outros. Este local proporciona ao aluno uma vivencia real dos cuidados em enfermagem.

Sala saúde do adolescente e saúde da mulher: equipada com materiais de ponta, é composta pelo simulador, NOELLE específico para cuidados e procedimentos em obstetrícia, onde o aluno realiza procedimentos específicos da saúde da mulher e partos. Há peças anatômicas direcionadas para saúde do adolescente e da mulher aproximando o aluno da realidade. Esta sala da atenção à saúde do recém-nascido e criança. Este é composto por bebês para simular cuidados, materiais para que as técnicas sejam desenvolvidas, incubadora, berços, bonecos para realização de técnicas específicas. Neste local é possível desenvolver cuidados e procedimentos pertinentes a saúde do neonato e da criança.

LABORATÓRIOS

Laboratório de Práticas do Cuidado de Enfermagem – LPCE: Possibilita o desenvolvimento das atividades de enfermagem em um ambiente realístico, a fim de preparar os alunos para atuar de forma segura, nos diversos cenários da saúde. A simulação é um dispositivo que objetiva de modo total ou parcial uma realidade, podendo ser por meio de pacientes simulados (sujeitos), cenário clínico (ambiente), simuladores de pacientes (bonecos) e programas de softwares (material interativo). A simulação com os sujeitos (alunos) utiliza a dramatização como estratégia para o desenvolvimento de competências, atitudes e habilidades, de acordo com os objetivos que requer a simulação. Os alunos são orientados pela professora enfermeira ou enfermeira supervisora, que disponibiliza um roteiro detalhado da cena que deverá ser simulada, com dados como: a descrição do paciente, a situação ou história do problema, o lugar, os objetos que devem estar preparados para o processo, o número e função dos participantes da cena.

Laboratório de anatomia: Equipado com peças anatômicas de todos os sistemas do corpo humano, lousa eletrônica, aplicativo visible body de anatomia de alta resolução. Nele temos uma estrutura completa para o aluno conhecer as partes e funcionamento do corpo humano.

Laboratórios de Informática: Atende aos objetivos da formação básica e específica, sendo utilizado como suporte técnico para as disciplinas. Além disso, trata-se de um espaço para cursos de capacitação discente e docente, cursos de nivelamento, além de um importante local de pesquisa e suporte para as atividades acadêmicas. Na sede da instituição são disponibilizados 2 laboratórios de informática, sendo que os laboratórios atendem aos objetivos da formação básica e específica, utilizados como suporte técnico para as disciplinas. Além disso, trata-se de um espaço para cursos de capacitação discente e docente, cursos de nivelamento, além de um importante local de pesquisa e suporte para as atividades acadêmicas dos alunos.  

Laboratório de Simulação de Cuidado Domiciliar: De acordo com a Resolução 0464/ COFEN, a Atenção Domiciliar compreende as seguintes modalidades: Atenção Domiciliar: compreende todas as ações, sejam elas educativas ou assistenciais desenvolvidas no domicílio, direcionada a pacientes e seus familiares; Internação Domiciliar: é a prestação de cuidados sistematizados de forma integral e contínuo e até mesmo ininterrupto, no domicílio, com oferta de tecnologia e recursos humanos, equipamentos, materiais e medicamentos que demandam assistência semelhante à oferecida em qualquer ambiente hospitalar.
A Visita domiciliar: considera um contato pontual da equipe de enfermagem para avaliação das demanda exigidas pelo usuário e/ou familiar, bem como o ambiente onde vivem, visando estabelecer um plano assistencial programado com objetivo definido; Desse modo, a atenção domiciliar em enfermagem abrange um conjunto de atividades de enfermagem, caracterizadas pela atenção no domicílio do usuário do sistema de saúde que necessita de cuidados técnicos, executada tanto no âmbito da Atenção Primária como Secundária. No contexto da APS, a visita domiciliar representa um instrumento importante para o enfermeiro, uma vez que se trata da intervenção que se aproxima dos determinantes do processo saúde doença no âmbito familiar.
O cuidado domiciliar está em pauta frente à uma sociedade caracterizada por uma transição epidemiológica e demográfica que apontam para uma necessária reformulação no modelo de atenção à saúde. À medida que a população envelhece e há aumento da carga de doenças crônico-degenerativas, aumenta também o número de pessoas que necessitam de cuidados continuados.
Para tanto, o Curso de Enfermagem criou o Laboratório de Simulação de Cuidado Domiciliar (LSCD) para subsidiar os estudantes diante das necessidades de saúde resultantes desse cenário. A simulação realística do domicílio permite ao estudante resgatar os princípios do SUS, fundamentada no trabalho em equipe, abordagem integral da família/cuidador e participação do usuário. No contexto da SAE, é uma assistência que se caracteriza pela integralidade, universalidade e equidade de suas ações.