Mapa de Inovações:
a Enfermagem brasileira em foco
Projeto de extensão no Programa Saúde na Escola

SOBRE A PROFISSÃO

O enfermeiro assume um papel cada vez mais decisivo e pró-ativo, uma vez que é capaz de identificar as necessidades de saúde da população, bem como na promoção da saúde e prevenção de doenças. Assim, a enfermagem tem a possibilidade de desenvolver atividades de forma criativa e inovadora, nos diferentes níveis de atenção à saúde, por isso, o cuidado de enfermagem é considerado como fundamental para o sistema de saúde.

A Enfermagem é uma profissão regulamentada pela Lei n.º 7.498/86 e o Decreto n.º 94.406/87, que dispõem sobre o exercício profissional, que só pode ser exercido por profissionais adequadamente habilitados e inscritos no conselho profissional, o Coren.

O Enfermeiro é o profissional de nível superior com competências e habilidades assistenciais, para exercer todas as atividades de enfermagem. Como gestor em saúde, precisa conhecer as leis do exercício da profissão, código de ética, e estar ciente de que o profissão de enfermagem é fiscaliza por ser uma atribuição complexa, que envolve o compromisso com princípios éticos e com a vida humana.

Algumas atribuições são exclusivas do enfermeiro, como, direção, planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços da assistência de enfermagem; consultoria, auditoria e emissão de pareceres; consulta de enfermagem; prescrição da assistência de enfermagem; cuidados diretos de enfermagem a pacientes; e cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos de base científica e capacidade de tomar decisões imediatas.

O símbolo da enfermagem é composto por diversos elementos e cada um possui o seu significado.

A lâmpada é uma homenagem a Florence Nightingale, que por meio de seus atos, zelou pela saúde de seus pacientes, trazendo a luz e a esperança da cura.

A cobra significa a alquimia, junto com a cruz, simbolizam a ciência.

A cor verde utilizada significando a paz, tranquilidade, cura e a saúde.

SOBRE O REGISTRO

O registro profissional do Enfermeiro é realizado no Conselho Regional de Enfermagem – COREN.

Este registro pode ser efetuado das seguintes formas:

INSCRIÇÃO DEFINITIVA PRINCIPAL
Para exercer a Enfermagem, todo(a) profissional deve ter registro no Coren-RS. A carteira definitiva é concedida por meio da apresentação do diploma/certificado de conclusão do curso e demais documentos. Ela tem validade de 5 anos. Passado esse prazo, ela deve ser renovada. A partir do recebimento da inscrição definitiva, serão geradas anuidades.

INSCRIÇÃO DEFINITIVA TEMPORÁRIA
A carteira temporária é concedida quando o requerente concluiu o curso mas ainda não possui o diploma/certificado de conclusão do curso. Para categoria de Enfermeiro(a) ou Obstetriz a inscrição só poderá ser requerida após a colação de grau, mediante comprovação. A partir do recebimento da inscrição temporária, serão geradas anuidades.

INSCRIÇÃO SECUNDÁRIA
É para o(a) profissional com inscrição ativa em Conselho de Enfermagem de outro estado e que pretenda exercer atividades no Rio Grande do Sul concomitantemente.

CÓDIGO DE ÉTICA

Os profissionais Enfermeiros devem respeitar e seguir o código de ética da profissão. Clique aqui para acessar o código de ética diretamente do Coren-RS.

Este é o juramento regulamentado pela Resolução Nº 218, de 09/06/1999, do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), que os profissionais proferem no ato de formtura:

“Solenemente, na presença de Deus e desta assembléia, juro: dedicar minha vida profissional a serviço da humanidade, respeitando a dignidade e os direitos da pessoa humana, exercendo a enfermagem com consciência e fidelidade; guardar os segredos que me forem confiados; respeitar o ser humano desde a concepção até depois da morte; não praticar atos que coloquem em risco a integridade física ou psíquica do ser humano; atuar junto à equipe de saúde para o alcance da melhoria do nível de vida da população; manter elevados os ideais de minha profissão, obedecendo aos preceitos da ética, da legalidade e da moral, honrando seu prestígio e suas tradições”.